Vaqueiro Varao
Cabra valente do meu sertao
Vaqueiro Varão
Cabra valente do meu sertão

Segura no seu cavalo
Correndo atrás do boi
Remando em seu aboio
Amor que pra longe foi
Mas der repente um garrote sai da estrada
O Vaqueiro em disparada
E o seu cachorro fiel

O Boi rola pelo chão
Seu cachorro no focinho
A Poeira faz seu ninho
Outra vez o vaqueiro venceu
E pensa ate que o boi Morreu
Carregando o seu fedor
Levanta e vai andando
Pro curral do seu senhor

Vaqueiro e Boi
Vaqueiro e boi e boi
Vaqueiro Varão
Cabra valente do meu serao

Vídeo incorreto?