Andando pela madrugada eu vou sem ter rumo
Sem ter direção eu vou
Olho para o lado e vejo
Ninguém me acompanha não.

Penso aqui com os meus botões
Que pobre miserável eu sou
Ninguém me quer, ninguém me vê,
Ninguém me ama
E eu pensei que podia fazer tudo
Quem pode, pode, quem não
Pode se sacode eh, eh, eh
Isso eu pensava com o meu jeito egoísta de ser
Querendo que todos morressem
Mas a vida brotou em mim.

Hoje eu posso tudo e você também
Tenha Jesus
No seu coração.

Andando pela madrugada eu ia
Sem ter rumo e sem ter direção eu ia
Olhava pra o lado
E via ninguém me acompanhava não
Pensava eu com os meu botões
Que pobre miserável eu sou
Ninguém me quer, ninguém me vê,
Ninguém me ama
E eu pensei que podia fazer tudo.

Vídeo incorreto?