Essa é a história que começa sem final
O passado virou presente
É descontente a situação
A navalha virou o chão
Os pensamentos eram sangue
Era óbvio e terminal

A desigualdade cospe fogo
Eu tenho culpa, você tem culpa
A pobreza está no pensamento
Na opressão, na omissão
Pra quem deixar levar
Uma passagem pra ilusão

Vídeo incorreto?