Foi assim que derepente
Estávamos ali sentados
Frente a frente
Não faltava nem mesmo a lua
Falávamos de tudo um pouco
Por qualquer coisa a gente ria
Como dois bobos
E eu que já nem via a hora
De te ver em meus braços
E pode te dizer:

Te amo
Desde a primeira vez que eu te vi.
E faz tempo eu te buscava
E já te imaginava assim....
Te amo
E nem quero tentar entender
O desejo que eu sinto
É mais do que palavras....
Te amo.... Te amo...

Derepente um beijo e o silêncio
E nos amamos loucamente
Pouco a pouco
E a noite foi só magia
Será que você vai me esquecer
Será que também vai sentir
A mesma vontade
Eu morro se não volto a te ver
De novo em meus braços
Pra poder te dizer

Te amo
Desde a primeira vez que eu te vi.
E faz tempo eu te buscava
E já te imaginava assim....
Te amo
E nem quero tentar entender
O desejo que eu sinto
É mais do que palavras....
Te amo.... Te amo...

Vídeo incorreto?