Quando você chegou pra mim
tão pequeninho mal cabia em minha mão

Tão inocente entrou no meu coração
e nos amamos até que chegara teu fim

E eu chorei às escondidas que é para ninguém notar
e eu chorei bem de mansinho pros amigos não zombar

Lembrando do teu jeito meigo e cândido,
os olhos enternecido ao me olhar,
do teu jeito ladino correndo com os meninos
brincadeira de pegar

Lembrando do teu triste quando eu tinha que partir,
e ao regressar,das tuas reverências quase como uma penitência
sempre ao me ver chegar

Adeus meu velho amigo,
as criânças estão mandando lembrânças,a chorar,
pediram não as esqueça,tenha certeza elas vão sempre lembrar

Eu tô falando do meu guenzo,
viu,um velho amigo que não vou mais encontrar

Mas eu guardei com carinho a coleira,
o pratinho e o teu jeito de me olhar

Quando você chegou pra mim
eu não sabia que assim ia terminar

mas eu guardei com carinho
a coleira,o pratinho e o teu jeito de me olhar

Vídeo incorreto?