Se tu és Ilê,sai do teu canto e vem bailar comigo
Pois nesse mundo tu és meu abrigo
Meu aconchego e minha paixão. (Refrão)

Nessa levada mansa,sigo o Ilê e sua percussão
Mas,nem só de dança vive o negão
Eu quero escola e reparação,por aí
O negro no poder,na minha terra,na minha nação
Bailando livre com sua emoção
Isso é vitória,isso é inclusão. Se tu és
Ilê...(Refrão)
Há muito tempo vejo
você no canto a ver o Ilê passar
E com meu canto o corpo balançar
Com a Banda Aiyê a evoluir,por aí
Há muito tempo ouço
O tic-tac do teu coração
Contracenando com a percussão
E o teu silêncio traz você pra mim.

Vídeo incorreto?