Amanhã, quando a gente se encontrar por aí, quem então vai perguntar:
- Como vai?
Você vai dizer assim:
- Comigo tudo está em paz, mas esse chapéu, desculpe não me leve a mal, mas não lhe cai bem.
- É tão cafona o que eu sinto por você, meu bem, tão cafona quanto o meu chapéu, ó céus, não se lembra? Foi um presente seu!

- Amanhã, se o mundo inteiro se acabar, e daí? Ninguém sequer vai perguntar por nós dois.
Você resmunga baixinho:
- De tudo o que ficou pra trás, guardo esse chapéu, pra espantar todo esse mal que você me fez.
- É tão cafona o que eu sinto por você, meu bem, tão cafona quanto o meu chapéu, ó céus, não se lembra? Foi um presente seu!

Vídeo incorreto?