Não há emprego, todo dia é domingo
"Não há pra quê se preocupar", diz a mulher
Avise aos filhos, ele não vai voltar
Porque ele cai de bar em bar

Não há surpresa, ele se arrisca no bingo
"E a greve deve acabar", dizem jornais
Avise aos filhos, ele não vai voltar
Porque ele cai de bar em bar

Não têm som as máquinas
Nem apitam mais as fábricas
Não têm som as máquinas
Nem apitam mais as fábricas

Quanta tristeza, ele morreu no domingo
E nunca mais se pôs à mesa do jantar
A dívida fica, os filhos vão pagar
Hoje eles vão de bar em bar

Vídeo incorreto?