Refrão:
E ela doida pra fazer coisa comigo,
E eu doidinho pra fazer coisa com ela.
Coisa com coisa, coisa na coisa.
Coisinha boa que endoidece eu e ela
Coisa com coisa, coisa na coisa.
Coisinha boa, bom pra mim, bom pra ela.

Um dia desses a gente foi numa quebrada,
Lugarzinho muito estranho,
Só pra dar uma "coizada", uma "coizada".
E eu parei lá numa curva da estrada
Aquele breu que dava medo,
A gente não via nada, não via nada.

E de repente um blá, blá, blá, um zun, zun, zun,
Chegou um carro veio mais outro, veio mais um.
E aquele breu virou noite enluarada.
E todo mundo ficava dando risada.

E o movimento foi mudando, foi mudando.
E todo mundo coisando, coisando.
E eu e ela sem querer saber de nada,
Tivemos tempo pra dar outra "coizada".

Coisa com coisa, coisa na coisa.
Coisinha boa que endoidesce eu e ela
Coisa com coisa, coisa na coisa.
Coisinha boa, bom pra mim, bom pra ela.