Refrão
Uai, uai!!!. uai, uai!!!...
Nos dois mato grossos,
Também em minas gerais.
Uai, uai sô!!! uai, uai!!!...
Tem no chão goiano,
E em são paulo tem demais.

Refrão
Uai, uai!!!

Quem que não gosta de viver numa fartura,
Com paçoca, rapadura, arroz feito com pequí.
Leitoa assada, gariróva, e câmbuquira,
Frango e ovo caipira, e pinga com murici.
Doce de leite feito com carinho e beijo,
Pro gostoso pão-de-queijo, o apetite tá sobrando.
Pela coragem, o meu porte e destreza,
Tá na cara com certeza, que sou mineiro ou é goiano.

Refrão.
Uai, uai!!!. uai, uai!!!...

Se vou no samba olha o meu jeito de caipira,
Nasci pra dançar catira, vaneirão e arrasta-pé.
Sou bom no xote, rancheira, e rasqueado,
Pé de valsa declarado, preferido das muié.
Campeão de truco, na bola ganho troféu,
Na sinuca sou Rúi chapéu, no rodeio faço pizeiro.
Matogrossense, e paulista aderiu,
Olhe a cara do brasil no meu jeito goianeiro.

Refrão
Uai, uai!!!. uai, uai!!!...