Não bata na porta, não entre no quarto,
Não acenda a luz, nem ligue o som.
Tire do gancho, esse telefone,
Não quero barulho, de televisão.
Quero fechadas, janelas e portas,
Não quero ruído, de ventilador.
Quero silêncio, total nessa casa,
Prá não acordar, o grande amor.

(Refrão)
Ela esta dormindo seu ultimo sono,
Em nossa cama,
Enquanto dorme ela está comigo,
Mais algumas horas.
Nessa madrugada ela confessou,
Que já não me ama,
Já fez suas malas e quando acordar,
Ela vai embora.

Eu já desliguei, até a campainha,
Prá não atender, carteiro e vizinhos.
Até á são pedro, eu pedi silencio,
Se caso chover, que chova de mancinho.
Eu vou impedir, a rua da frente,
Não quero ouvir, buzina e motor.
Quero silêncio, total nessa rua,
Prá não acordar, o meu grande amor.

(Refrão)
Ela está dormindo...