Inverno interior


A última folha caiu
E o solo congelou
O vento murmura avisos
A morte segue a tempestade que se aproxima
O último par de asas
Fugiu dessas terras
Guiadas pela luz branca e fria
A chuva gelada cai
Fluxo congelante em minhas veias
A tristeza do meu coração
Um fardo invisível
Este é o inverno dentro de mim
O primeiro véu de geada
Gelo fino que acalma as águas
A tranquilidade foi trazida pela passagem do outono
A primeira neve caiu
Florestas negras permanecem silenciosas e altas
Incendiadas pelas luzes do norte