Não posso ficar distante
Daquele amor que me pertenceu
Não consigo esquecer
Os ardentes beijos que foram meus

É triste viver ausente
De alguém que a gente sentiu amor
E também ficou sofrendo
Talvez sentindo a mesma dor

Quem fez o que eu já fiz
Na certa sorri chorando por dentro
Procurando desta forma
Mostrar-se que não está sofrendo

Mas eu que em outros tempos
Deixei chorando meu grande amor
Me resta pegar o lenço
E secar o pranto da minha dor

Quem fez o que eu já fiz
Na certa sorri chorando por dentro
Procurando desta forma
Mostrar-se que não está sofrendo

Mas eu que em outros tempos
Deixei chorando meu grande amor
Me resta pegar o lenço
E secar o pranto da minha dor

Vídeo incorreto?