Viajar como um pássaro
Não deixar ninguém invadir
Acreditar nos seus sonhos
Não esquecer de sempre ser feliz

Esperar sempre colheita
De tu aquilo que você plantou
E bons frutos iram nascer
Mas depende muito onde plantou

Fumaça negra desgraçada
Do cigarro que o diabo fumou
Se quiser da um trago
Depois não diga que ninguém avisou

Ninguém avisou, Ninguém avisou
Que esse cigarro foi o que o diabo fumou
Ninguém avisou, Ninguém avisou
Que esse cigarro foi o que o diabo fumou

Não fugir da realidade
Sempre encarar com os dois pés no chão
Andar sempre com a verdade
Nunca troque os pé pela as mão

Ninguém avisou, Ninguém avisou
Que esse cigarro foi o que o diabo fumou
Ninguém avisou, Ninguém avisou
Que esse cigarro foi o que o diabo fumou

Vídeo incorreto?