Vejo todos que me cercam
Tudo é tão alegre entre eles
Sinto que me falta algo
Pra que eu posso esquecer
O que não volta mais

A vida era muito alegre e boa
Sabíamos que era curta
Nunca imaginavamos
Que sofreríamos tanto
Com perdas inesperáveis

Agora o que me resta,
São apenas recordações
Das lembranças de um tempo vivido
De um tempo esquecido

Às vezes fico a imaginar
Como pude reclamar
De um tempo que só soube nos alegrar

Às vezes fico a imaginar
Como não soube aproveitar
Os momentos que deixei passar
Que não mais irão voltar

Reclamávamos muito
Reclamávamos de tudo

Nada estava bom
Sempre queríamos mais e mais
Do que podíamos ter

Agora só me resta esquecer
Pra não ter que sofrer
Com as lembranças de um tempo bom
Que infelizmente não soube viver

Às vezes fico pensando
Em outras lembranças
De outras vidas
Jamais esquecidas

Agora é cabeça erguida
Bola pra frente
Esquecer essa vida
Que já foi vivida

O ideal agora
É aproveitar este momento
Pelo menos um pouco
Enquanto é tempo

O importante agora
É esquecer
E me concentrar
No amanhecer

Antes que seja tarde
Antes que o tempo acabe

E que o tempo nos engula
Após o por do sol
Que rasga o vento
E que sangra as estrelas
Do meu amor
Que corresponde a minha dor

No luar
Que brilha no sertão
Radiando amor
Em meu coração

Vídeo incorreto?