A rima ta engatilhada, to pronto pra batalha
Corto o mau pela raiz antes afino a minha navalha
Ainda que eu ande no vale da sombra e da morte
Eu não vou temer mau algum, eu tô com deus eu tenho sorte
Caem 10 a minha direita, caem 20 a minha esquerda
Não adianta voltar atrás, a merda já ta feita
A boca fala oque quiser, não abaixa minha auto estima
Vim pra lutar com o melhor, eu não posso mais fugir da briga
O tanto que eu já sofri o sangue que já espirrou
Já agonizei pelos cantos mano, ninguém me ajudou
A vida é um jogo sujo, cada um no seu espaço
Confiar em mim mesmo, é a melhor coisa que eu faço
Vários canalha na frente, os egoísta me irrita
Fazendo peso na terra, muito dinheiro na fita
Não me importa agora oque eles vão achar
Porque minha vida vai ser outra então podem se preparar.

Chega mais/ solta a voz
Eu to na paz / vamo lá
Fala a vontade mas não pode me subestimar
Xeque mate / mas cuidado
O jogo e forte / eu to ligeiro
Você quer jogar fica a vontade tenta sua sorte

Chega mais muleque, o shark aqui é zika no flow
Eu tô de volta (voltei) pra quem desacreditou (ow)
Ow, eu to mais loko aqui, "nós" conseguiu
Quem mexer com nós, rumo a cabeça no meio fio
Aqui ta meio frio,o resto aqui sumiu
O que você faz? faz pelo seu brasil?
Vai mostra a falsa cara (vai)
Racha a falsa cara (vai)
É dupla face, do outro lado mostra a sua arma
De coração esses versos, vem de dentro da alma (o que?)
Aqui é muita tensão, mais prefiro a calma
Na alma, isso não pode ser tragico
As coisas estão acontecendo, isso é trágico
O rap é um vício sim, então isso é mágico (ow)

Chega mais/ solta a voz
Eu to na paz / vamo lá
Fala a vontade mas não pode me subestimar
Xeque mate / mas cuidado
O jogo e forte / eu to ligeiro
Você quer jogar fica a vontade tenta sua sorte

Deixa eu falar, agora é minha vez,
Vou desabafar, contar umas verdades pra vocês
Por tudo que passei, o tempo mostrou, eu pude enteder
A vida ensinou, agora é cheque mate em quem não acreditou
Eu vou mover o meu jogo de olho em quem ta a meu redor
Tem muito falso pagando de rei, só que um rei nunca ta só
Eu vejo a cara do covarde o veneno no olhar
Cara feia pra mim é fome, isso não vai me assustar
Não vou olhar pra trás, foco no presente e futuro
Ontem quem deboxou, hoje quer colar em tudo
Jamais vou apertar a mão de quem quer me apunhalar
10% da minha força ninguem vai me tirar

Chega mais/ solta a voz
Eu to na paz / vamo lá
Fala a vontade mas não pode me subestimar
Xeque mate / mas cuidado
O jogo e forte / eu to ligeiro
Você quer jogar fica a vontade tenta sua sorte

Vídeo incorreto?