A atirada da vizinha
Sabe bem mexer comigo
Mas comigo mesmo brigo
Por saber que ela é casada
Casada com o Bitencurt
Que ''bebum'' me confessou
Se ela um dia me trair
Por ama-lá tanto assim
Só vou capar o desgraçado

Aí meu Deus do céu
Eu não sei o que é que eu faço
Se eu não for vão me chamar
Lá na Vila de Zé veado
Aí meu Deus do céu
Eu não sei o que é que eu faço
Ao menos se eu não nessa
Não vou ficar ''esgualepado''

Quando eu descobri isso
Fiz simpatia e feitiço
Tratei de arranjar ''muié'
Mas não me adiantou nada
Por ser novinho e bonito
Me atentava a desgraçada
Tava mesmo de barbada
Era só fazer amor
Com a ''marvada'' da Soraia