Quando escuto uma gaita querendona
Dessa tocada nos fandangango do meu pago
Relembro o tempo que eu vivia lá pra fora
Onde peleava sobre o pasto bem sovado
Tempo que vivi na lembrança de campeiro
Que dessa lida conhece desde pequeno
Do bailezito que a peonada se alegrava
com a canha buena trazida lá do povoeiro

E dê-lhe grito na sala
Mais uma marca gaiteiro
Que nesse toque da gaita
Se ''metemo'' no entrevero

Lembro de um baile que tava muito animado
E a ''mulherada'' ia firme no compasso
Cheguei na festa tava mal intencionado
Nesse fandango tem que ter força no braço
Fui me chegando pro lado de uma morena
Mas o pai dela não gostou do meu jeitão
Saio do baile com o lombo todo sovado
Abaixo de adaga de garrucha e de facão

Vídeo incorreto?