A morte não É muito de uma vida


Uma garrafa de whiskey me conforta
E me diz pra não chorar.
Enquanto a lua cheia reza por mim
Eu tento fechar os olhos.

Mas a noite está aí pra me lembrar
Das armas e das mortes precoces.
Os fantasmas aparecem quando adormeço
Para cantar a serenata de um fora da lei.

A morte não é muito de uma vida
Quando você vive dentro das regras
Morte não é muito de uma vida para os jovens
É muito tarde para pedir perdão
Pelas coisas que eu fiz?
Morte não é muito de uma vida para os jovens

Ah... o deserto tem sido um amigo para mim
Me protege durante a noite
E uma mordida de cobra não é meu inimigo
Mas me ensinou a lutar.

Toda essa fama não te dá liberdade
Apesar de usar um pequeno disfarce
E um fora da lei é só um homem para mim
E um homem tem que morrer.

Ah, morte não é muito de uma vida
Quando você vive dentro da lei
Morte não é muito de uma vida para os jovens
É muito tarde para pedir perdão
Pelas coisas que eu fiz?
Morte não é muito de uma vida para os jovens.
Na...

E eu espero que alguém reze por mim
Quando chegar minha vez de morrer... reze por mim.

Morte não é muito de uma vida
Quando você vive dentro da lei
Morte não é muito de uma vida para os jovens.
É muito tarde para pedir perdão
Pelas coisas que eu fiz?
Morte não é muito de uma vida para os jovens.
Na...