Quando olho nos teus olhos
Sinto que algo me diz
Eu entro em pânico
Eu fico na maior aflição
O vento sopra teus cabelos
Assobiando uma canção
Quando sinto o teu cheiro
Fico louco de tesão
Quero você todinha minha
Pois é teu meu coração
Vem ascender o meu corpo
Quero ser o seu dragão

Baby fica comigo
Por ti
Eu morro de paixão

Baby
Não sei dizer
Tudo o que eu sinto por você,
Now
Baby, volta pra mim
Você é toda a razão do meu viver

Mas nem tudo na vida
É como a gente quer
Eu só queria que você
Fosse a minha mulher
Mas o pior de tudo é a descriminação
Porque ela é loura
E eu sou negão
Eu não sei porque essa gente
Tem tanto preconceito
Pensa que estufar o peito
É impor respeito
Corta essa, meu irmão
Pois eu sou Bragaboy
Se você fosse o melhor
Tava na manchete ou playboy
Deixa de palhaçada
Burguês
Não tá com nada

Baby
Não sei dizer
Tudo o que eu sinto por você,
Now
Baby, volta pra mim
Você é toda a razão do meu viver

Ela mora em bairro nobre
E está passando bem
Eu moro no subúrbio
E passo fome também
Tem pai que é empresário
Irmão fisioculturista
Meu irmão desempregado
O meu pai é motorista
A vida dele é viajando
Diz que isso lhe faz bem
A minha vida é trabalhando
Por que quero é me dar bem
Mas eu sei que não sei
Que você não sabe que eu não sei


Baby...

Vídeo incorreto?