A colheita


Levantar com o amanhecer e o canto do galo
Tem sido assim desde que eu não sei
Jogo um pouco de água no meu rosto
Saio pela porta e saudar o dia

Ponho os joelhos no chão
Canto ao Senhor em um som cansado
Peço a força que eu preciso
Separe o meu coração como o joio

Por tudo que temos plantado
Como nós podemos esquecer
Aqueles que não sabem
Ou apenas não sabem ainda
Vamos colher esse campo
Do nascer do sol ao pôr-do-sol
O mestre está chegando
Nós ainda não terminamos

Nós ainda não terminamos
Ainda

Tragam a foice
Tragam o balde
Alqueire cheio de arame
E um garfo para o fardo
Trabalhar pela dor faça chuva ou sol
Vamos lá galera ainda temos tempo
Nós ainda temos tempo

Para tudo que temos plantado
Como nós podemos esquecer
Aqueles que não sabem
Ou apenas não sabem ainda
Vamos colher esse campo
Do nascer do sol ao pôr-do-sol
O mestre está chegando
Nós ainda não terminamos

Nós ainda não terminamos
Ainda
Ainda

A virada da temporada
Está sobre nós, meus amigos
Agora é a hora
Tudo o que foi semeado
Está lá para a colheita

Para tudo que temos plantado
Como nós podemos esquecer
Aqueles que não sabem
Ou apenas não sabem ainda
Vamos colher esse campo
Do nascer do sol ao pôr-do-sol
O mestre está chegando
Nós ainda não terminamos

Nós ainda não terminamos
Ainda
Ainda