Estou pelas ruas
Estou tão sozinho
Eu quero carinho
Eu quero você
O frio é tanto
A fome me faz gemer
Recorro a janela do carro
Recebo um não de você
Estou tão carente
Estou sem escola
Sou filho da rua
Um neto da vida
Um crack da cola
Doença estranha se apossou de mim
Eu não sei porque
Eu sou seu futuro
Sem outra opção
Preciso de você
Eu, preciso aprender a sonhar
Preciso aprender a gostar
Preciso parar de sofrer
Preciso aprender a sorrir
Preciso aprender a ser gente
E ser mais feliz, mais contente
Me causando orgulho e prazer
Vem me ajuda a crescer com o Brasil
Pra que lá no ano dois mil
Eu seja a real esperança
Que eu tenha um lar, um abrigo
E seja bem mais que um amigo
Por isso eu conto contigo

Vídeo incorreto?