Sozinho em casa, deitado, olhando sua foto no porta-retrato
Pensando: "Onde estarás", e com quem ao seu lado
Lembrando dos forrós que dançamos colados, levantei
Peguei a chave do carro, saí, disquei teu numero, deu ocupado
E relembrando o teu cheiro, o teu gingado
Ouvindo um som gostoso tocando na rádio
Cantei

Eu vou te encontrar
Sob as estrelas, te guiar
E que os passo que andem junto aos teus, sejam os
meus
Namorar, sob as estrelas, te beijar
E vou poder gritar ao mundo
Que seu coração é meu

E distraído, quando olhei
Sinal fechado
Pisei no freio, e sem querer olhei pro lado
Cabelo solto, olhar doce, amendoado
Era você sorrindo ao me ver parado, chamei
Foi tanta emoção, e tocando na radio a mesma canção
No embalo do xote peguei sua mão
Teus beijos e abraços, adeus solidão
Sonhei!

Eu vou te encontrar
Sob as estrelas, te guiar
E que os passo que andem junto aos teus, sejam os
meus
Namorar, sob as estrelas, te beijar
E vou poder gritar ao mundo
Que seu coração é meu

Vídeo incorreto?