Amor, onde está o seu fogo?


Amor, onde está o seu fogo?
Estive aqui sentada fazendo fumaça
Fazendo sinais com palitos, fins estranhos e pedaços
Mas não há nem sinal de uma chama

Impostores passaram por aqui,
Oferecendo um brilho agradável
Mas estou me apegando ao que você é
Um inferno que queima até os ossos

Alguns me incentivam a ser temperada,
Mas morno não dá certo

Pois eu, eu quero me inflamar com você
Então estou prendendo meu coração a você
Prendendo meu coração

Então me levanto, segurando tochas
Falando palavras que são lâmpadas para os pés deles
Até que você venha e eu seja inteira, e nos tornemos um
E o fogo em mim seja completo

Alguns me falam pra ser moderada,
Mas morno não dá certo

Agora eu, eu sei que vou me inflamar com você
Então estou prendendo meu coração a você
Prendendo meu coração

Então uma dúvida vem mentir lá no fundo da minha mente
Que eu me oferecerei a você e você educadamente recusará
Então apresso-me a calar isso
Gritarei e afastarei isso
Pra longe