Há três coisas na vida que eu não deixo de fazer:
Dançar forró do bom, raparigar e beber

Dançar forró, pode ser no meio da praça
No clube, pago ou de graça
Se é forró, eu boto fé
Raparigar, pode ser numa calçada
Na esquina, na latada
No motel, no cabaré
E pra beber, o que não falta é convite
Também não falta apetite
Pro sujeito biritar
Com três lapada, já tô de língua enrolada
Bote mais uma bicada que eu quero me embriagar

Vídeo incorreto?