A milianos eu faço isso a milianos
Tipo uns 5 anos, mas já me sinto um veterano
Gravando meu disco, primo, fico rico esse ano
Viajando na estrada eu vivo tipo cigano
Mestre, extraterrestre não sou humano
Eu sou dois em um, muito mineiro e marciano
Cuspo tipo cano, uso muitos panos, junto muitos manos
Juro, muitos planos, "có có", muito insano
No microfone soberano, um jovem coro e soprano
Eu movo peças, me chama de Homem do Piano
Carneiro tipo ariano, um típico paulistano
Sou guerreiro herculano, pacífico é o oceano
Não sei de fulano, beltrano, cicrano
Só sei que eu tô indo pro topo no heliporto do Emiliano

E aí sobrinho é o tio, HA-HA

Meu flow é quilo de coca, é tiro, milho e pipoca
Quando ouve o "parapapá", tipo Cidinho e Doca
Eufrazino Puxa-Briga, Valentino Troca-Tapa
Invado a sua revista e ponho o TIME PRO na capa
Eu faço isso a mili mili, pergunta pro Maestro Billy
Deixo o Caldeirão mais quente que chilli
Ouçam Really Real Shit, não Silly Milli Vanili
Acendo um frilis vanilla sou Hércules, não Aquiles
Me falaram brilhe, drible os gansos, corro, eu não canso
Tipo Robson Caetano a diferença é que eu não danço
Tendências não sigo, eu lanço
Com persistência eu alcanço
Com paciência eu avanço
Ando com meu anjo e com meu santo
Faço um bom trampo com um mando para matar o som
Sou John Rambo
A milianos até ficar milionário
Com a visão de um visionário, dicção de um dicionário
Fodam-se os otários
Trazer fé pro rap é a missão de um missionário

Vídeo incorreto?