O super lírico, sou eu, o indivíduo
Chico xavier do rap, psicografo e divido o
Que acontece com quem merece, comigo vive o
Rap, tipo o sabotage vivo em espírito
Daqui até o infinito, eu deixo escrito, tru
Tudo que eu faço, eu vivo cada capítulo
Tipo um livro do paulo coelho, sabe o título?
Diário de um mago? não! diário de um ídolo
Olha o meu currículo
Cada um no seu quadrado, então fica no seu cubículo
Você é o típico idiota, é do tipo do
Cara que só vive de fofoca, que ridículo
Cabal "el magnifico"
Preparando o lançamento do meu disco tipo um campeão olímpico
E quando eu lançar, vai ser um abalo sísmico
Me chama de ai5 porque eu sempre calo crítico

Que se foda quem não gosta, o meu rap é explícito
Moleques falam bosta, minha conta mostra dígitos
Isso não é resposta, é só uma amostra livre, tru
Eu empurro barras, pra mim, é só um exercício
Brilha a lua, as minas nuas, o estímulo
Até o túmulo, das ruas, um discípulo
Eu mando muito, falador, não seja cínico
Quer falar? fala com a minha mão tipo um ventríloquo
Poesia no ritmo, um mc legítimo
Quero tudo clássico, culpa do meu signo
Eu trabalho o máximo e eu falo o mínimo
Por isso competir comigo é dificílimo
Faço tremer o edifício, chama o síndico
Alta definição, meu flow é tão nítido
Cabal na televisão e você não tira do
Canal, fervendo a mais de 1000 graus centígrados

Eu conheci a familia do big pun
Então salve tats cru, na gringa, eu fiz fã
Você não gosta de mim, mas e sua irmã?
Eu cuido da cabeça dela no meu divã
É, eu devo ser um imã
Eu atraio mulheres tipo um bom vivant
São paulo, nova iorque, miami, milan
Um novo ícone, sou tipo bob dylan
Com meu rap assassino, dentro do meu abrigo
Leva uma comigo e esse vai ser seu jazigo
Rimo desde menino, eu represento, amigo
Bate de frente, ta fodido, é tipo suicídio
Eu sou bom com o bla, bla, bla
Pergunta de mim la no paraná
Se tem um do bom, então passa pra ca
Aumenta o som e solta a fumaça pra jah

Vídeo incorreto?