Do que o boiadeiro gosta em sua longa jornada é sentir poeira no rosto - o pó-de-arroz da estrada sentir cheiro de gado,
Que traz o vento da tarde qual o perfume mais caro,
Dos ricaços da cidade. do que o boiadeiro gosta é um som sentimental do berrante que virou instrumento musical muitos discos que ouve no final de uma canção o berrante repicando como um grito no sertão. do que o boiadeiro gosta é dormir sobre o baixeiro tendo o céu por cobertor e o capim por travesseiro
No grande quarto da noite,
A grama verde é colchão no telhado do infinito o luar é seu lampião. do que o boiadeiro gosta é nas tardes de mormaço fazer um boi pantaneiro rolar na ponta do laço do que o boiadeiro gosta é ouvir pelas pousadas os peões contando casos de estouros de boiadas. do que o boiadeiro gosta é ver a branca neblina que se forma nas baixadas e sobe pelas colinas a onde a boiada dorme dos espigões às encostas gostoso é também gostar do que o boiadeiro gosta.

Vídeo incorreto?