Eu quis matar-te para vingar-me
Sentindo no meu coração a tua traição
Que eu recebi sem merecer
Porém naquele instante eu compreendi
Que a morte não é vingança
Para quem precisa sofrer

Saí com os olhos banhados em pranto
E a vergonha me obrigava a pensar
Somente em matar-me por esta traição
Mas Deus me deu calma naquela hora
A vida nunca se troca
Por alguém que não tem um coração

Tudo entre nós já terminou
De ti não guardo ódio e nem rancor
Pode seguir o teu caminho
E esqueça para sempre o nosso amor

(?Mulher, eu não desejo mal para ti
Porém se um dia este alguém abandonar-te
Poderás procurar-me que eu te darei a mão
Só não darei nunca mais o meu amor
Porque ficou em meu coração a cicatriz da traição?)

Tudo entre nós já terminou
De ti não guardo ódio e nem rancor
Pode seguir o teu caminho
E esqueça para sempre o nosso amor

Vídeo incorreto?