Lamento borincano


Sai louco de felicidade com seu carregamento para a
Cidade, ai, para a cidadeLeva em seu pensamento todo um mundo cheio de
Felicidade, sim, de felicidadePensa em remediar a situação do lar que é toda a sua ilusão, sim

E alegre o aborrecido vai pensando assim, dizendo assim,cantando assim pelo caminho: "Se vendo toda carga,meuDeusquerido, umaroupa a minha velhinha vou compar"

E alegre também sua égua vai presentir que seu cantar
É como um hino de alegria Nisto o surpreende a luz do dia
E chegam ao mercado da cidade

Passa a manhã inteira sem que ninguém queira sua carga comprar, ai, sua crga comprarTudo, tudo esta deserto, o povo esté morto de necessidade, ai,
De necessidade

Se ouve os lamento por todo lugarEm minha pobre Boriquen, sim
E triste o aborrecido vaidizendo assim, pensando assim, chorando assim pelo caminho"que será de
Borinquen meu Deus querido?
Que será de
Meus filhos e de meu lar"

Borinquen, a terra do Éden
E que ao cantar o grande Gautier chamou de pérola dos mares
Agora que morre com seus pesares
Deixe que cantopara você também