Doce menina doce, a tarde morna
Doce menina doce, arde a boca
A chama tem gosto de jabuticaba, anis, amora

Doce menina doce, a tarde morna
Doce menina doce, arde a boca
A chama do fogo que nunca se apaga
Não vai embora

Amarelando o cabelo
Na boca o gosto vermelho do sol...

Anunciando os segredos
A cara marcada vermelha do sol

Nos braços magros, anéis e fitas
A beira do lago, as pernas bonitas...

Vídeo incorreto?