Jangada lá vou eu
Jangada lá vou eu
Num mar azul
A minha vela se perdeu

Mas se perdeu foi entre risos de alegria
Num mar azul de euforia
E a dor de repente
Que transforma tanta gente
Faz a gente de repente
Como a dor
Em lutas contra a flor
Ninguém sai vencedor

Eu vou vivendo meio calmamente
Talvez um dia eu morra de repente
Eu vou andando um tanto desconfiado
Até um pouco atrapalhado
Mas vivendo assim

Vídeo incorreto?