Meu Deus do Céu também já foi criança.
Meu Deus do Céu já brincou por aqui.
Meu Deus do Céu também teve esperança
de ver gente se amar como irmãos.


Agora é nossa vez de semear o amor,
crescer e se formar no amor, na graça de Deus.
Abrir o coração, deixar a solidão
e descobrir que o amor se dá entre irmãos
que abrem o coração e, u, e, u, e, e.
Que abrem o coração e, u, e, u, e, e.


É só abrir aos pouquinhos a vida,
deixar que venha de dentro do coração.
Deixar a vergonha, meu cantinho egoísta.
Nada de medo, nada de solidão.
Importa é ser feliz e receber a paz que vem só de Deus
e que nada desfaz e ver que, ao repartir,
o amor não morrerá. Pouquinho em cada um

Vídeo incorreto?