Batalhas sangrentas de bravos guerreiros
Beligerantes o seu coração
A era de um povo de braço forte a tirania uôôô


Aproaram para o norte
Eldorado minha sorte a desvendar
Colonizaram esta terra
Grãos de areia feito pérolas, desafiar

Nosso ouro está perdido uôôô
Não destruam nosso chão há! há! há! há!
Amazônia é tão rica, armados de coragem
A lutar avançar

Ê iê iê iá ê iê iê iá ê iê ê hê
Iê iê iê iá ê iê iê iá ê iê ê hê, iê iê hê
Uôô uôôô uôô uôôô
Há! há á á á! hei! hei! hei! hei! 3x

Há! há á á á

Vídeo incorreto?