Senhor meu Deus, quando eu maravilhado
Os grandes feitos vejo de tua mão,
Estrelas, mundos e trovões rolando,
A proclamar teu nome na amplidão.

Canta minh'alma, então, a ti Senhor:
Grandioso és Tu, grandioso Canta minh'alma, então, a ti Senhor:
Grandioso és Tu, grandioso és Tu!

Quando atravesso bosques e florestas,
Ouvindo, à brisa, pássaros cantar,
Ou vejo, além, montanhas altaneiras
O teu poder em, glória proclamar,
Quando percebo que na cruz maldita,
Por teu amor Jesus morreu por mim,
E me livrou do jugo do pecado,
Ali vertendo sangue carmesim,
Quando afinal em resplendor e glória,
Jesus abrir as portas da mansão,
Eu hei de estar de joelhos entre os santos,
Na mais humilde e vera adoração,

E então cantar eternamente ali:
Grandioso és Tu, grandioso és Tu!
Se estivermos em perigo,
Nosso Deus nos guardará;
Ele as trevas e o inimigo
Para sempre abaterá!

Oh, louvai o! Oh, louvai o!
Pelas bênçãos que nos dá!
Anjos e homens, reverentes,
Adorai o com fervor;
Lua, estrela, sol luzente,
Que ao espaço dais fulgor,
Oh, louvai o! Oh louvai o!
Pois é Deus de excelso amor!

Vídeo incorreto?