Conte para mim o que seus olhos querem ver
O tom do seu sorriso é uma denúncia de você
Uma tentação com o calor de um verão
É a vida sem a morte é a pura perdição

Você me fascina pra atiçar o meu perdão
Da culpa de um dia eu ter chorado a solidão
Mas agora você é minha e eu custo a acreditar
Me prenda ao seu rosto, você não vai mais escapar

O destino bem que tenta mas nosso amor é bem maior
Da carne até sua alma o caminho eu sei de cor
Seus olhos me suplicam mas chorar você não quer
Uma flor de porcelana que eu custo a entender

E eu vou esperar você me dizer
O que foi que eu fiz pra você me escolher
E eu quero gritar se eu ficar sem te ver
De todos os vícios o meu é você

Muitos dos seus truques ainda me fazem de refém
E se eu finjo não gostar é porque não gosto de quem tem
Minha vida entre os lábios pra ditar o que quiser
Vou sempre ser um fraco frente a frente ao prazer

Tudo o que eu queria era fazer você feliz
Você não sabe o que eu daria pra ver você sorrir

Tudo o que eu queria era te fazer sentir
Exatamente igual ao que eu sinto bem aqui

Vídeo incorreto?