Risquei a viola dez cordas tiniu
O céu clareou, poeira subiu
O povão agitou, São Gonçalo aplaudiu
Esse é o som da viola
O som do meu Brasil

O sangue que corre em minhas veias
É de um brasileiro de peito sadio
Defendo a cultura de um povo ordeiro
O som da viola é puro, é verdadeiro


O som que agita os rodeios
Do Brasil inteiro ta aqui no meu peito
É pinho com aço a mistura é perfeita
Gostou do meu som eu te dou a receita


Se o seu programa não ta dando ibope
Põe som de viola que abafa o som pop
É o que o povão aprova e gosta
Não negue as origens não brinque com a sorte

Vídeo incorreto?