Trago os meus cabelos grisalhos
Tingidos pelo orvalho das noites frias sem lua
Volto à residência modesta
Que eu deixei pela seresta e os prazeres da rua
Venho cansado e desiludido
E ainda mais convencido
Que a ventura da vida
É o lar a transbordar de esperança
O sorriso de uma criança
E o carinho da mulher querida
Se você já foi boêmio diga-me qual foi o prêmio
Que ganhou na boemia
Que eu direi sem embaraço
Ganhei tristeza e cansaço
Nas minhas noites de orgias

Vídeo incorreto?