Nós sonhamos rosas
Sós na solidão
E vivemos num mar de prosas
Ai, com rosas no coração

Pintando vidas
Construidas talvez em vão
em jardins de rosas perdidas
Ai, no vento duma paixão

E, nos amores
vai-se a razão
Risos e dores
Versos e flores
Quanta ilusão

Nós vivemos num mar de rosas
Ai, com espinhos no coração
Nós vivemos num mar de rosas
Ai, com espinhos no coração

Misteriosas
Estas rosas na minha mão
Mas não há milagres nem rosas
Ai, quando nos dizem que não

Outros caminhos
Com pés no chão
E de novo vamos sozinhos
Ai, ninguém nos pede perdão

Nem os amores
Nem a razão
Risos e dores
Versos e flores
Dura lição

Como se as horas formosas
Pudessem dar rosas
Que os sonhos não dão

Nós vivemos num mar de rosas
Ai, com espinhos no coração
Nós vivemos num mar de rosas
Ai, com espinhos no coração

Vídeo incorreto?