Ai, ai, ai, ai, ai!
Oi, batuca, batuca, batuca nego!
Oi, Batuca, batuca, batuca nego!
Batuca nego, oi!
Batuca nego, oi!
Batuca nego
Olha esse molejo dos quadris

Machuca nego, oi!
Machuca nego, oi!
Machuca nego
Sei que tem sido bem pra xuxu
Uma cadência de Caxambu
Bate o pandeiro, mira e sorri
Batuca nego, ai!
Machuca nego, oi, ai, ai, ai, ai, ai!

Bato o meu canto e fica o xote
Marchando e vendo como tem
E vendo como tem
E estas curvas de meu corpo molhado
São como um pecado
São como um pecado

Quando sambo até penso que a vida é boa
Que bom ouvir um samba na Gamboa*! (bis)

Batuca nego, oi!
Batuca nego, oi!
Batuca nego
Olha esse molejo de quadris
Machuca nego, oi
Machuca nego, oi
Machuca nego
Sei que tem sido bem pra xuxu
Uma cadência de Caxambu
Bate o pandeiro mira e sorri
Batuca nego, oi
Machuca nego, oi, ai, ai, ai, ai, ai

Vídeo incorreto?