Moreno, moreninho côr de guiné
Ao léu da vida ando louca por você
Moreno, moreninho côr de guiné
Teus lindos olhos me fizeram não sei quê
(meus quindins, meus quitutes, meu
quê-quê-rê-quê)

Moreno, deste meu Brasil maravilhoso
por tua causa meu ser vive desgostoso
Perdi o sossego, sonho e tenho pesadelo
E não sei se isso é chamego, moreno
ou se é dor de cotovelo

Bichinho, bichinho danado
Arreliado, enfezado, deixa de capricho!
Pois eu bem sei que você também por mim tem
(derengo-dengo-den) muito rabicho
Bichinho côr de guiné (biri-biri, beré-beré)
Vem me fazer um cafuné!
Por tua causa eu muito sofri
Já estou tão cansada moreno de viver sem ti

Vídeo incorreto?