O meu benzinho é camarada por demais
Tudo o que eu peço meu benzinho logo faz
Eu nunca vi ninguém ser "sincero" assim
Veio do céu especialmente para mim

Eu vou contar uma história bem faceira
Para que façam uma idéia com razão
Fui encontrá-lo certa vez de tal maneira
que de improviso dirigi-lhe este sermão:

Aí, aí, tá gostoso tá! Aí, aí, mas como isso é bom!
Num canto escuro em voz baixa a conversar...
E eu que há tempo te procuro...
Mas que ironia como venho te encontrar

Aí, aí, tá gostoso sim! Interessante o capricho teu!
Tranquilamente nesse jardim...
Aí, aí, tá gostoso sim!

Tranquilamente nesse jardim...
Aí, aí, tá gostoso sim!

Vídeo incorreto?