Eu tenho um novo namorado,
moço sério e mesmo de juízo
Não é bonito, nem inteligente,
nem do tipo a fazer-me prejuízo
No baile ou na festa familiar,
o coitado (imaginem) não gosta de dançar
Mas no jardim, sem a luz acesa
ai, meu Deus, meninas!) que surpresa!

Amo o meu novo namorado e garanto
que ele não me escapa
Bem sei que não é elegante, mas não se julga
do bom livro pela capa
Lá em casa ele anda sempre acanhado,
ao meu braço (imaginem) ele fica envergonhado
Mas na varanda, sem a luz acesa
(ai, meu Deus, amiguinhas!) que surpresa!

Côro e palmas: Muito bem!

CM: Gostaram? Querem ouvir outra?
Então vamos, Maestro!

Eu fui uma vez viajar no mar
(que recordação horrível!)
O navio começou a naufragar,
a salvação era quase impossível
O comandante chegou e disse para mim:
"Depressa senhorita, tua vida a salvar!"
Fiquei indignada e respondi assim:
"Espere aí sêo Capitão, oh!
que eu preciso me pintar!"

Foi assim que cheguei a morrer
e fui para a terra celestial
Lá na porta recebi as minhas asas
e um violão especial
São Pedro chegou e disse para mim:
"Depressa Santa Carmen,
te quero apresentar!"
Fiquei indignada e respondi assim:
"Espere aí sêo Pedro, que eu preciso me pintar!"

Vídeo incorreto?