Quem não acredita vem ver uma cabrocha sambar
Mexendo com as cadeiras e seu feitiço no olhar
Toda risonha e faceira no meio da batucada
Se desmanchando e deixando a turma abafada (escola) (bis)

Essa cabrocha quando entra para o samba
não acredita em bamba, nem tampouco no azar
Essa cabrocha é alegria do morro
Quem vai lá fica espantado e quer a cabrocha roubar
(vou me pirar)

Quem não acredita vem ver uma cabrocha sambar
Mexendo com as cadeiras e seu feitiço no olhar
Toda risonha e faceira no meio da batucada
Se desmanchando e deixando a turma abafada (escola) (bis)

Lá da cidade já mandaram uma proposta
convidando a cabrocha p'rá num rádio ir cantar
Abandonar o morro ela tem pena
Pois lá não existe antena, a luz que tem lá é o luar
(em meu olhar)

Quem não acredita vem ver uma cabrocha sambar
Mexendo com as cadeiras e seu feitiço no olhar
Toda risonha e faceira no meio da batucada
Se desmanchando e deixando a turma abafada (bis)

Vídeo incorreto?