Não tinha nada, levava a vida à toa
Sendo assim tão pobre, eu fazia inveja a muita gente boa
É que a esperança me afagava o coração
E eu andava pelo mundo à procura de ilusão

Que bom que estava aquele abraço
que me deu ensejo de sentir a vida como um grande beijo
Que bom que estava sem a riqueza
Mas veio a "virada" e me deram tudo e eu não tenho nada.

Vídeo incorreto?