(Estribilho)
Pelo sim, pelo não, é melhor não querer
Pois quem tem coração vive sempre a sofrer
No princípio tão bom, diferente depois
E o amor se transforma num veneno p'rá dois

Um não querendo não existe briga
pois quem desiste não discute mais
De longe a gente é muito mais amiga
na opinião dos outros não desfaz

Você me deixe pois em liberdade
que há de ser muito melhor assim
Se perguntar por mim Dona Saudade
vá-lhe dizendo que esqueceu de mim (pelo sim)

(Estribilho)
O que hoje é declaração de guerra
ontem já foi declaração de amor
Dura tão pouco tudo nesta terra
Hoje está frio e ontem fêz calor

O sofrimento não nos dá medalha
Quem faz sofrer não deve ter amor
Vou desistir que sem haver batalha
não há vencido nem há vencedor (pelo sim)

(Estribilho)

Vídeo incorreto?