Pensou que eu não vinha mais, pensou
Cansou de esperar por mim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Aqui é o meu lugar, eu vim
Fechou o tempo, o salão fechou
Mas eu entro mesmo assim
Acenda o refletor
Apure o Tamborim
Aqui é o meu lugar, eu vim
Eu sei que fui, um impostor
Hipócrita querendo renegar teu amor
Porém me deixe ao menos ser
Pela última vez
O seu compositor
Quem vibrou nas minhas mãos
Não vai me largar assim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Preciso lhe falar, eu vim
Com a flor dos acordes
Que você brotando cantou pra mim
Acenda o refletor
Apure o tamborim, aqui é o meu lugar, eu vim
E era sem tirar nem pôr
Um pobre de espírito
A desdenhar seu favor
Porém meu samba
O trunfo é seu
Pois quando de uma vez por todas
Eu me for
E o silêncio me abraçar
Você sambará sem mim
Acenda o refletor
Apure o tamborim
Aqui é o meu lugar, eu vim

Vídeo incorreto?