Tinha um sorriso bonito, um olhar meigo e divino, uma voz doce e macia.
Com seu jeito delicado fez amigos devotados,
porque a sua simpatia era mesmo contagiante,
não falhava,
era constante onde quer que ela chegasse
ninguém mais se entristecia,
pois com a sua alegria não havia quem chorasse.

Minha mãe era charmosa,
perfumada feito rosa, dessas ainda em botão.
E por onde ela passava fatalmente
ela deixava seu perfume pelo chão.

Ela era na verdade a presença da bondade,
da ternura e da alegria.
Não estou exagerando,
estou aqui revelando a sua fotografia.

Vídeo incorreto?