Digo a terra é um jardim
Do universo uma flor
Mãe que ama seus filhinhos
Pólen, mel, cera, doce fruto criador
Navegando olhos no céu
Vou pisando este chão
Menestrel sideral
Elevando meu canto
Para os astros na amplidão

Levando o meu canto
Hoje lá, amanhã ali
Poetas cantadores
Ainda estou por aqui
Orando este xote
Aos que cantaram pra subir

Netuno abraça dalva
Três marias querem par
A lua está sorrindo
Com o sol a lhe beijar
Sina de violeiro
Tocar em todo lugar.