O mundo é tão difícil, tantas maldades, desilusões.
Espinhos, indiferenças,tantas aguras, mil aflições.
Blasfêmia, brado de guerra enchem a terra, fazem sofrer.
Os homens não conhecem a melhor forma do bem-viver.
Em todo canto o medo, desesperanças, ingratidões
Crianças desorientadas, tristezas, inquietações
E neste mundo tão triste tudo eu tenho que enfrentar
Oh Deus, vem ajudar-me guiar meus passos por onde eu andar.

Sou tão fraquinha, pequenininha
Não tenho forças, não sei lutar,
Por isso eu peço, meu Deus querido
Dá-me teu braço, vem me amparar.

Vídeo incorreto?